Alagoas tem queda de casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave, diz Fiocruz

Síndrome é uma complicação em pacientes que tiveram Covid ou mesmo Influenza.

O Boletim Infogripe da Fiocruz, divulgado nesta quarta-feira (13), mostra que Alagoas mantém sinal de queda no número de novos casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), com 95% de probabilidade, considerando as últimas 6 semanas.

 

Segundo o Ministério da Saúde, a SRAG é uma das complicações mais comuns em pacientes com Covid, levando aos casos moderados, graves e gravíssimos da doença, mas também pode ocorrer em pessoas infectadas por outros vírus respiratórios, como Influenza, por exemplo.

 

O boletim mostra que desde o começo do ano, 112.087 casos da síndrome já foram notificados em todos país. Alagoas é um dos sete estados brasileiros que apontam queda na tendência a longo prazo, assim como Amazonas, Ceará, Goiás, Minas Gerais, Rondônia e Sergipe.

 

Em outros 9 estados a Fiocruz alerta para o aumento de casos da SRAG, principalmente entre crianças de 0 a 11 anos. Na população adulta mantém-se sinal de queda ou estabilidade.

 

“Apesar de não traduzir sinal de crescimento no dado agregado para a população em geral, o aumento de casos entre crianças também se observa em diversos dos demais estados”, explica o coordenador do InfoGripe, o pesquisador Marcelo Gomes.

 

Os dados se referem à Semana Epidemiológica (SE) 14, que compreende o período de 3 a 9 de abril.

 

 

por Roberta Batista – G1/AL

 

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo