Sobe para 5 o número de casos suspeitos de coronavírus em AL

O Ministério da Saúde atualizou para cinco o número de casos suspeitos do novo coronavírus em Alagoas. A informação foi divulgada nesta terça-feira (3). O estado não teve nenhum caso confirmado até esta tarde, todos seguem em investigação.

Os novos pacientes suspeitos de terem contraído a doença Covid-19, causada pelo novo coronavírus, são três mulheres, de 71 anos, 47 anos e 34 anos, e dois homens, de 63 anos e 32 anos. Segundo a Sesau, eles relataram viagem para Itália, França e Alemanha.

O levantamento cita também o caso descartado, que foi o primeiro notificado oficialmente no estado. Assim como aconteceu com o primeiro, as amostras dos novos pacientes foram coletadas e encaminhadas para laboratórios de referência no país, que vão confirmar ou descartar as suspeitas.

O Brasil tem 488 suspeitas de coronavírus. Desde o início do monitoramento, 240 casos foram descartados e dois, confirmados.

Preocupação com cruzeiros

O Ministério Público do Estado de Alagoas (MP-AL) informou ao G1 nesta terça (3) que vai enviar um ofício para a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) para saber quais medidas preventivas contra o coronavírus podem ser adotadas diante da chegada de navios de cruzeiros em Maceió no mês de março.

A Sesau informou ao G1 que quem pode tomar medidas para barrar um cruzeiro é o Governo Federal. E reforçou que a chegada de turistas por navio ou pelo aeroporto passa por monitoramento da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Nesta semana, o vereador Lobão (PR) entrou com uma representação no MP-AL para que o órgão tome medidas para suspender a autorização para atracar de um cruzeiro que, segundo ele, é proveniente da Itália, país mais atingido pelo vírus fora da Ásia.

Por meio de nota, contudo, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur) esclarece que os cruzeiros previstos para Alagoas na atual temporada têm como procedência apenas cidades brasileiras.

Leia abaixo a íntegra da nota da Sedetur

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur) esclarece que os navios que chegarão à capital Maceió, durante a atual temporada de cruzeiros, tem como procedência apenas cidades brasileiras como Recife, Fortaleza, Salvador, Búzios e Rio de Janeiro. É importante ressaltar que os cruzeiros Costa Pacífica, MSC Fantasia, MSC Sinfonia e MSC Seaview, incluídos na temporada, navegam, desde o mês de novembro de 2019, apenas em águas brasileiras, sem haver contato com qualquer país europeu ou de outro continente desde então. Em atenção aos casos, a Cruise Line International Association (CLIA), Associação Internacional de Cruzeiros Marítimos, divulgou uma declaração oficial, deixando claro que a segurança e a saúde dos passageiros são a prioridade número um dos membros da CLIA, e que todas suas associadas mantém contato próximo com profissionais e agências reguladoras de saúde em todo o mundo para avaliar e modificar políticas e procedimentos conforme necessidade. A Sedetur salienta, ainda, que repudia qualquer manifestação de aversão ou hostilidade contra pessoas estrangeiras.

 

Fonte: G1/AL

 

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo