Operação da PF contra pornografia infantil cumpre mandados em Maceió

A Polícia Federal cumpriu três mandados de busca e apreensão em Maceió nesta quarta-feira (22), na Operação Ponto a Ponto 3, que investiga crimes de pornografia infanto-juvenil na internet. Foram apreendidos computadores e notebooks, mas ninguém foi preso.

A investigação teve início em julho de 2019 e conta com a participação de policiais federais do Grupo de Repressão a Crimes Cibernéticos da Superintendência Regional da Polícia Federal em Alagoas.

Participaram da operação nesta manhã 12 policiais federais. Na ocasião, foram apreendidos computadores, notebooks e mídias digitais. Os equipamentos e arquivos serão analisados pelo setor de perícias da Polícia Federal em Alagoas.

O resultado será juntado aos inquéritos policiais da Superintendência Regional da Polícia Federal em Alagoas.

Os investigados podem responder pelos crimes de armazenamento ou compartilhamento de fotografias, vídeos ou qualquer outro registro de imagem que contenha cenas de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente, previstos no Estatuto da Criança e do Adolescente. As penas podem chegar a até 6 anos de prisão.

Operação Ponto a Ponto

O nome da Operação é uma referência à tecnologia utilizada por programas de compartilhamento de mídias digitais, que estabelece uma interconexão direta entre seus usuários.

Fonte: G1/AL

 

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo