Polícia Civil paralisa atividades em AL até sexta-feira

Agentes e escrivães da Polícia Civil de Alagoas fazem paralisação das 8h desta quarta-feira (4) até as 8h de sexta-feira (6). Eles cobram equiparação do piso salarial.

Durante a paralisação não são realizados: boletim de ocorrência; termo circunstanciado de ocorrência; cumprimento de mandatos de busca e apreensão; mandado de prisão e ia a local de crime.

Os únicos serviços que continuam sendo realizados são: flagrante de delito (que deverá ser feito um por vez); audiência de custódia (quando não puder remarcar) e prerrogativas de advogados.

Por meio de nota, a Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag), informou que tem trabalhado para resolver todos os pleitos dos policiais civis alagoanos, respeitando as possibilidades financeiras do Estado.

A Seplag reforçou que a Mesa de Negociação continua sendo o canal de diálogo com os servidores públicos estaduais, onde há abertura para receber e conversar com todas as partes que trabalham pelo bom andamento da máquina pública.

O Sindicato dos Policiais Civis de Alagoas visitou delegacias nesta quarta: Divisão Especial de Investigação e Capturas (Deic), Delegacia de Homicídios, Delegacias de Santana do Ipanema e Palmeira dos Índios.

Fonte: G1/AL

 

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo